You are currently viewing 5 razões para não ofereceres alimentos açucarados ao teu bebé

5 razões para não ofereceres alimentos açucarados ao teu bebé

Os alimentos açucarados como: chocolate e leite com chocolate, croissant, pão de leite, bolos, sobremesas, compotas, barras de cereais, gelados e sumos de pacote, bolachas (ex. oreo e maria), papas (ex. cerelac), cereais (ex. chocapic e estrelitas) e pão de forma são verdadeiramente desaconselháveis a bebés sobretudo até 2 anos. E quanto mais tarde forem introduzidos na sua alimentação melhor para a sua saúde.

Hoje trago-te 5 razões para não ofereceres alimentos açucarados ao teu bebé:

  1. Baixa qualidade nutricional – o açúcar fornece “calorias vazias”, pois dá energia mas é totalmente desprovido de valor nutricional. Está comprovado cientificamente que o açúcar é tão viciante como a droga ou o álcool. Quanto maior é a ingestão, maior é a quantidade que o nosso organismo pede para se sentir satisfeito.
  2. Maior risco de obesidade na infância e na idade adulta – o consumo excessivo de açúcar está directamente relacionado com o excesso de peso e obesidade. Estudos comprovam que crianças obesas têm grande probabilidade de se tornarem adultos obesos.
  3. Maior apetência para o sabor doce no futuro – conforme partilhei contigo num dos meus últimos posts, o paladar do bebé é definido desde a barriga da mãe (https://rumoaodestino.pt/2021/01/11/8-factores-que-comprovam-a-influencia-determinante-da-alimentacao-da-gravida-na-saude-do-bebe/). O teu bebé vai ter preferência pelos alimentos que mais lhe ofereceres. Vamos protegê-los dos açúcares enquanto podemos?
  4. Excesso de energia e dificuldade de concentração – está cientificamente comprovado que a ingestão de açúcar promove agitação, ansiedade, dificuldade de concentração e de dormir nos bebés e crianças. Se tens um bebé agitado já pensaste que pode estar relacionado com a ingestão excessiva de açúcar?
  5. Maior risco de cáries dentárias – as cáries são originadas por bactérias que proliferam em meios ricos em açúcar, pelo que o excesso de açúcar é também prejudicial à saúde dentária do bebé.

Vou dar-te o meu exemplo, o meu bebé tem 2 anos e não come os alimentos ricos em açúcar que te referi. Muitas vezes ouço na escola, no café, numa festa de aniversário e em tantas outras situações “Oh Mãe coitadinho!”. Às vezes é bastante desafiante vincar a minha posição, é um verdadeiro estigma na sociedade, mas sabes de uma coisa, o meu filho não é nenhum coitadinho por não comer açúcar e é um bebé cheio de saúde e que adora comer!

Seja em casa ou festas há tantas receitas saudáveis e saborosas por exemplo de bolos, bolachas, barras de cereais e papas. E são tão simples e é tão giro cozinhar com eles. Consultas algumas aqui: https://rumoaodestino.pt/receitas/.

Tenho a certeza que estou a fazer o melhor pela alimentação e saúde do meu bebé e tenho a certeza que agora também tu vais pensar melhor antes de oferecer alimentos açucarados ao teu bebé, pela sua saúde! 🙂

Deixe um comentário